Exposição de fotografia “OXALÁ – antes e depois do samba” de Elisabete Maisão no studioteambox

A exposição de fotografia “OXALÁ – antes e depois do samba”, de Elisabete Maisão, inaugura a 17 de setembro, pelas 19:30, no studioteambox.

Oxalá - antes e depois do samba - cartaz  da exposição de fotografia

Paralelamente a esta exposição a autora irá realizar um Workshop de Fotografia Documental nos dias 19, 20, 23 e 30 de setembro, igualmente no studioteambox.

Oxalá - Elisabete Maisão

O samba enquanto ritmo musical e estilo de dança talvez seja, junto do futebol o produto cultural brasileiro mais reconhecido e prestigiado no exterior, pensado com um elemento identitário que unifica aquela nação.

Porém o samba é bem mais que isso, trata-se de um complexo cultural que envolve não apenas sonoridades e bailados, mas diversos magnas, personalidades lendárias, agremiações comunitárias, etc.

Nascido entre os africanos escravizados e seus descendentes em alguma fazenda de cana-de-açucar ou de café ou ainda em algum quilombo brasileiro, apropria-se de saberes indígenas e de heranças lusitanas, o samba tornou-se símbolo nacional apenas nos anos 1930.

Antes perseguido e proibido, associado às populações negras e suas religiosidades afro-brasileiras, tidas como “classes perigosas” e “atrasadas”, o samba saiu dos terreiros de candomblé e umbanda para ganhar os desfiles de Carnaval, as rádios, os teatros, as escolas, TV, cinema e prateleiras de lojas de discos em todo o mundo.

Oxalá - Elisabete Maisão

Este é o trabalho que Elisabete realizou no Brasil, atrás de uma lente e cercada pelas luzes dos trópicos, o de captar com olhar curioso e detalhista, perceber nuances, estranhar a rotina e deslumbrar-se com as miudezas.


Elisabete Maisão, de Lisboa, licenciou-se em Design e especializou-se em Fotografia de Moda e Publicidade. Iniciou a sua carreira a fotografar para a Cosmopolitan, FHM, Exame, Caras e Moda Lisboa. Em 2006, inaugurou o seu estúdio Nouvelle Photo, onde trabalhou essencialmente como fotógrafa de moda e publicidade e iniciou oficinas de fotografia suas. Paralelamente desenvolveu trabalhos pessoais que deram lugar a exposições em galerias e prémios internacionais em Londres e Nova York.

Em 2008, mudou-se para Amesterdão, para aprofundar os seus estudos na fotografia. Para além do seu trabalho no “EYE – Film Institute of Nederlands”, estabeleceu-se como fotógrafa a trabalhar para agências criativas e expondo os seus projetos em galerias.

No final de 2011, Elisabete iniciou uma etapa de viagens pela Asia, capturando a essência do dia a dia de diferentes culturas. Estas viagens, resultaram em inúmeras exposições na Europa e o lançamento do seu primeiro livro, “Turning the wheels – Nepal”

No final de 2012, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde tem trabalhado como fotojornalista. O seu trabalho tem sido seleccionado e publicado em edições como National Geographic, Le Monde e Aritzia. Integrou a equipe da Magnum, assistindo o fotógrafo David Alan Harvey, no projeto “Offside Brazil”, durante a Copa do Mundo de 2014. Participou no projeto Photo 120, no Paraty em Foco. Continua a desenvolver projetos fotográficos e cursos de fotografia.


Inauguração: 17 de setembro, 19:30
Data: 17 de setembro a 1 de outubro 2015
ENTRADA LIVRE

Horário: de domingo a quinta-feira, das 15h00 às 19h00 (excepto feriados)
Local: studioteambox, LXFactory
rua rodrigues de faria, 103 – edificio G – piso 0 – sala 0.6ª, 1300 lisboa

Exposição de Fotografia "Oxalá" no studioteambox

Deixar um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *